segunda-feira, 17 de outubro de 2016

O homem do céu - Irmão Yun

https://backtojerusalem.com/home/a-true-love-story-by-brother-yun/

"Já completamos vinte anos de casados. Nosso relacionamento está longe de ser perfeito, mas posso afirmar com sinceridade que melhora a casa ano. Deling é minha melhor amiga. Há vinte anos ele era apenas uma garota quando eu lhe disse:
- Deus me escolheu para ser testemunha Dele e segui-lo pelo caminho da cruz através de grandes sofrimentos. Não tenho dinheiro, e as autoridades me perseguem o tempo todo. Você quer mesmo se casar comigo?
- Jamais abandonarei você. Vou me unir a você e serviremos ao Senhor juntos, respondeu ela." p. 329


"Não somos chamados para viver segundo o raciocínio humano. Só o que importa é obedecer à Palavra de Deus e à orientação Dele para nossa vida. Se Ele mandar ir, iremos. Se disser para ficar, ficaremos. A vontade Dele é o lugar mais seguro deste mundo" p. 330

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

"Os que sofrem não são os que estão presos por causa de Jesus, mas aqueles que nunca desfrutam da intimidade da presença de Deus" Irmão Yun - O homem do céu

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

QUANDO UMA MULHER SE SUJEITA A SER AMANTE DE UM HOMEM CASADO

http://folhassecas.zip.net/images/chaoduro.jpg
"Então você acha que ele não ama a mulher dele só porque saiu contigo? Engano seu, ninguém é obrigado a ficar casado por causa da mulher, filhos ou dinheiro. Ele que pague uma pensão e peça guarda compartilhada e vá viver só ou com quem quiser. Se ele gosta tanto de você que é amante, por que você passa o aniversário dele, fins de semana, feriadão, as férias, o carnaval, a páscoa, dia das mães, dia dos pais, dia dos namorados, são João, dia das crianças, natal , réveillon... entre outras datas importantes sozinha? Que poder é esse seu na cama que não te garantiu uma aliança na vida ou no dedo ainda? Ou se garantiu, as famílias e a sociedade desconhecem essa união oficial! Talvez você acha que fazer uma merda de sexo, dentro de um carro, em menos de 1 hora de motel, às escondidas, ou transar pra ele é algo que prenda sentimento.Sexo é necessidade fisiológica, é como fazer coco e xixi, sexo se faz com qualquer coisa, até sozinho, inclusive com você. Amor se faz com alguém escolhido para amar.Ta rindo porque ela é corna? Ok, tudo bem. É corna mas dorme com ele todos os dias, dirige o carro dele, ele dirige o carro dela, frequenta a casa da família dele e ele da família dela, viajam juntos, tem sonhos, tem problemas, tem alegrias, tristezas, mas enfrentam juntos, um dando força pra o outro, a mulher que ele escolheu para amar é corna mas tem prioridade em tudo que ele faz, é corna mas quem faz ele dormir no sofá quando mandado é ela! E depois ele vem todo obediente fazendo tudo que ela mandar.E você? Você é apenas um deposito de espermas da necessidade fisiológica de um homem casado tem de fazer sexo com qualquer coisa, inclusive com você, e você coitada fica aí toda feliz quando um homem sem auto estima e mal resolvido resolve te chamar de linda e dizer que te ama, mentindo na cara dura pra você dar pra ele. Aprenda: um homem ou mulher trai sim. Trai por insegurança, por carência, por vingança, por raiva, por necessidade fisiológica. Mas amor, cumplicidade, dedicação de verdade ... Ahhhh, isso você não tira do marido de ninguém!" SE VALORIZE MULHER, O AMOR PRÓPRIO É O PRIMEIRO DE TODOS OS AMORES, QUEM VIVE DE MIGALHAS É POMBO OU FORMIGA

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Humano demais


Eu fico tentando compreender
O que nos Teus olhos pôde ver
Aquela mulher na multidão
Que já condenada acreditou
Que ainda havia o que fazer
Que ainda restara algum valor
E ao se prender em Teu olhar
Por certo haveria de vencer
E assim fizeste a vida
Retornar aos olhos dela
E quem antes condenava
Se percebe pecador
Teu amor desconcertante
Força que conserta o mundo
Eu confesso não saber compreender

Sou humano demais pra compreender
Humano demais pra entender
Este jeito que escolheste de amar, quem não merece
Sou humano demais pra compreender
Humano demais pra entender, que aqueles que escolheste
E tomaste pela mão geralmente eu não os quero do meu lado

Eu fico surpreso ao ver-te assim
Trocando os santos por Zaqueu
E tantos doutores por Simão
Alguns sacerdotes por Mateus
E, mesmo na cruz, em meio à dor
Um gesto revela quem Tu és
Te tornas amigo do ladrão
Só pra lhe roubar o coração
E assim foste o contrário,
O avesso do avesso
E por mais que eu me esforce
Não sei bem se Te conheço
Tu enxergas o profundo
Eu insisto em ver a margem
Quando vês o coração

Eu vejo a imagem

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

A dor azul (Adriana Falcão)

https://lackof.files.wordpress.com
A menina sentia uma dor azul, todos os dias, ali pelas cinco horas da tarde.
Não era uma dor grandona de puxar o choro pra fora. Era só uma dorzinha. Mas era bem azulona. Achavam que era maluquice. "Dor não tem cor!"
Mas como a dor azul não passava, começaram a achar que ela doía mesmo.
Levaram a menina para todos os médicos do mundo, fizeram todos os exames que existiam, e ninguém descobriu o que era aquilo. Procuraram então um psicólogo e é claro que achou que aquilo era psicológico.
A dor azul não queria nem saber. Ia e vinha. Sempre na mesma hora.
Os anos foram passando e o azul da dor continuava colorindo as tardes da menina. Só as tardes.
De manhã ela sentia uma saudade lilás. E à noite, um desejo prata que ela não sabia bem de quê.
A menina cresceu. E um dia conheceu um rapaz que sentia uma vontade violeta de espirrar nas manhãs nubladas.
Eles se gostaram, um gostar laranja que foi se avermelhando sem parar, até que se casaram numa noite dourada de alegria, cheia de luzinhas roxas de paixão.
Um ano depois, numa madrugada de cheiros cor-de-rosa, ela teve uma filhinha. E nunca ela tinha sentido um carinho tão verde em toda sua vida.
A filha da menina, que cresceu, herdou a vontade violeta de espirrar do pai e, da mãe, o desejo prateado.
A dor azul nunca mais apareceu.
E a menina, que já era uma mulher, descobriu que o nome da dor azul, como está no dicionário, é desassossego.
E que esse desassossego queria dizer, mais ou menos, em palavras de adulto:

"Como será que vai ser minha vida daqui par frente!?"

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Broken Together - Casting Crowns (Clipe Oficial legendado - PTBR)

Oceanos (Onde Os Pés Podem Falhar)

Quando o mundo parece desabar sobre minha cabeça,
Eu chamo pelo Teu nome!!!


Tu me chama às águas
Para o temeroso desconhecido onde os pés podem falhar
E lá Te encontro no mistério
Em oceanos profundos, minha fé vai prevalecer
Eu chamarei Teu nome
E manterei meus olhos acima das ondas
Quando oceanos subirem minha alma repousará no Teu conforto
Pois eu sou Teu e Tu és meu
Tua graça abunda nas mais profundas águas
Tua mão soberana, será minha guia
Onde meus pés podem falhar e o medo me cercar
Tu nunca falhaste e não o farás a partir de agora
Eu chamarei Teu nome
E manterei meus olhos acima das ondas
Quando oceanos subirem minha alma repousará no Teu conforto
Pois eu sou Teu e Tu és meu
Espírito leve-me até onde minha confiança não tem limites
Me deixe andar sobre as águas
Onde quer que Tu me chames
Me leve mais fundo do que os meus pés pudessem um dia chegar
E minha fé será feita mais forte
Na presença do meu Salvador
Então eu chamarei o Teu nome
E manterei meus olhos acima das ondas
Quando oceanos subirem minha alma repousará no Teu conforto
Pois eu sou Teu e Tu és meu

terça-feira, 29 de dezembro de 2015


"Em cada um de nós existem três pessoas: a que nós achamos que somos, a que os outros pensam que somos, e a que Deus sabe que somos"... "na maioria das vezes, escondemos de nós mesmos nosso verdadeiro ser, para que não fiquemos enojados ante a realidade". (Por que tarda o pleno avivamento? Leonard havenhill)

terça-feira, 7 de julho de 2015

“Ó, Deus, provei de tua bondade, e ela tanto me satisfez quanto me fez desejar por mais. Tenho a dolorosa consciência de minha necessidade de mais graça. Envergonho-me de minha falta de desejo. Ó, Deus, trino Deus, quero desejar-te; anseio por ansiar-te por inteiro; estou sedento de mais sede de Ti. Mostra-me a tua glória, peço-te, para que eu possa te conhecer de fato. Por tua misericórdia, inicia dentro de mim uma nova obra de amor. Dize à minh’alma: “Manifesta o meu amor, amada minha, e vem comigo.” Então dá-me graça para me erguer e te seguir desde essa planície escura por onde tenho vagado há tanto tempo.” (À procura de Deus – A.W. Tozer, 1985)

quarta-feira, 24 de junho de 2015



"Haverá dias sem respostas, noites longas também, mais o 
regente de todas as coisas compõe 
uma nova canção no silêncio"

Bianca Toledo


"There will be days without answers, long evenings also, more
ruler of all things composes
a new song in silence "